sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Suspeito de chefiar facção criminosa mantinha vida de luxo em Natal

Um homem identificado como Yago Steferson Alves dos Santos, 26 anos, foi preso em Natal, na quarta-feira (19), por agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas do Ceará (Draco). Foragido da Justiça cearense, “Yago Gordão” ostentava carro de luxo, passeios em shoppings e restaurantes de alto padrão, além de manter o aluguel de um apartamento com vista privilegiada para a Praia de Ponta Negra, na Zona Sul potiguar. De acordo com as apurações, Yago morava na capital potiguar há cerca de um ano e meio.
Foto: Sspds/CE
“Yago Gordão”, que foi levado ao Ceará, é apontado pelas investigações da Draco como chefe de uma organização criminosa com atuação direta no tráfico de drogas. Além disso, o suspeito já foi autuado ou indiciado pela Polícia do Ceará em seis procedimentos por homicídios, quatro por tráfico de drogas, dois por crimes de trânsito, um por ameaça, disparo de arma de fogo, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso ou posse de drogas.
A Draco investiga ainda se “Yago Gordão” mantinha relação com outros suspeitos que agiam no Rio Grande do Norte para identificar possíveis comparsas. As investigações ocorrem em conjunto com a Polícia Civil do RN.
OP9