sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Após ser detido, soldado reformado do RN desarma policial e abre fogo no Centro do Rio; três foram baleados e um morreu

Um homem morreu e outras duas pessoas ficaram feridas na manhã desta sexta-feira (21) depois que um ex-soldado, que havia sido detido, desarmar um policial e promover um tiroteio no Centro do Rio
A confusão ocorreu quase em frente à sede da Polícia Civil e perto dos Arcos da Lapa, um dos pontos turísticos mais importantes da cidade. De acordo com a Polícia Militar, o autor dos tiros é um ex-soldado da corporação, afastado por problemas psiquiátricos, que foi levado à autoridade policial após ter danificado uma propriedade da Infraero.
O ex-PM foi levado para a 5ª DP (Lapa) após a confusão com a Infraero. Segundo a PM, após a ocorrência ter sido registrada, ele teve as algemas retiradas para poder assinar o registro. Com as mãos livres, ele conseguiu desarmar um policial e começou a atirar.
O tiroteio ocorreu por volta das 10h30 e havia muito movimento no entorno da delegacia. Foram baleados ainda dentro da delegacia um policial civil, de 36 anos, e um idoso que esperava para ser atendido. Um terceiro homem foi baleado na rua, quando o ex-soldado fugia.
O policial foi atingido de raspão na barriga e levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, assim como o homem que passava pela rua e foi atingido por um dos tiros. Já o idoso que aguardava atendimento acabou morrendo no local.
O ex-soldado também acabou baleado durante a fuga. Ele foi socorrido e seu estado de saúde não foi informado.
G1/RJ

BLOG PM CURRAIS NOVOS: Na verdade trata-se de um soldado reformado pertencente a PM/RN