sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Motoristas de aplicativo protestam após assassinato de colega de trabalho em Natal

Motoristas do aplicativo Uber saíram em carreata na tarde desta sexta-feira (30), na Zona Norte de Natal, em protesto à morte de um colega de trabalho, assassinado nesta quinta (29) durante um assalto. Os condutores, que reclamam por segurança, seguiram em direção ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), onde está o corpo de Alison José Nunes Azevedo.
O rapaz tinha 28 anos foi morto por volta das 19h30 desta quinta-feira, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte. Alison recebeu um chamado para uma ocorrida, na qual quatro homens entraram no carro. Foi quando eles anunciaram o assalto e fizeram o motorista dirigir até a casa de um familiar.
“Lá, apenas um dos criminosos entrou na casa com o motorista. Foi quando ele reagiu e foi baleado. Os quatro assaltantes fugiram no carro do motorista”, afirmou o delegado Rysklyft Factore.
Os motoristas de Uber iniciaram a carreata de protesto próximo à área de lazer do conjunto Panatis e seguiram até a rua em que aconteceu o crime. Depois, eles foram até a Ponte Newton Navarro, que liga a Zona Norte à Zona Leste da capital. Lá bloquearam o tráfego por 20 minutos e foram para o Itep.
G1/RN