quinta-feira, 6 de setembro de 2018

"Um cara calmo", diz advogado de suspeito de esfaquear Bolsonaro

Adélio Bispo Oliveira, suspeito de esfaquear o candidato Jair Bolsonaro (PSL)
"Sempre que eu o atendi parecia um homem normal, calmo", afirmou o advogado de Adélio Bispo Oliveira, suspeito de esfaquear o candidato Jair Bolsonaro (PSL) durante ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais, nesta quinta feira (06). Em entrevista ao R7, o advogado Pedro Oliveira dos Santos explicou que Adélio está movendo uma ação trabalhista contra uma construtura mineira.
De acordo com o advogado, seu cliente parecia uma pessoal normal. "Não posso descrevê-lo porque todos nossos contatos foram profissionais, mas ele parecia calmo."
Ainda segundo Santos, o processo ainda está em andamento. "Faz tempo que não nos falamos porque o resultado da ação ainda não saiu", explicou.
R7