terça-feira, 11 de setembro de 2018

Crimes de morte aumentaram 30,8% em três anos no RN

O Rio Grande do Norte tem mais uma constatação indesejável quanto à violência. Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) ocorridos no estado entre 1º de janeiro e 10 de setembro de 2018, como homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio, feminicídio e ação típica de estado, aumentaram 30,8%, entre os anos de 2015 e 2018.
Os dados estão em novo levantamento do Observatório da Violência do RN – Instituto Marcos Dionísio Medeiros Caldas (Obvio), em parceria entre Ministério Público estadual (MPRN). Apenas os casos de feminicídio ficaram com índices negativos (-4%). Mesmo assim, o número de assassinatos de mulheres cometidos em razão de gênero ainda é destaque. Neste ano, 24 mulheres já foram mortas no RN.
O Obvio funciona na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal. De acordo com o termo de cooperação firmado na atual gestão do MPRN, o Obvio fornece ao Ministério Público amplo acesso aos relatórios produzidos e aos dados sobre instauração de inquéritos policiais relativos aos crimes violentos letais intencionais. 
Em contrapartida, o Ministério Público disponibiliza a ferramenta “Matilha”, que permite cruzamento de informações na área criminal.
OBVIO