quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Todas as 93 motos da Rocam estão paradas por falta de manutenção

Um policial militar lotado nas Rondas ostensivas com apoio de motocicletas sofreu um acidente durante um patrulhamento, após o veículo que pilotava apresentar problemas mecânicos. O PM, que terá o nome preservado está afastado do serviço devido aos ferimentos sofridos com a queda. O ocorrido despertou a preocupação de todo o efetivo da Rocam que paralisou as atividades nas motos devido a falta de manutenção das 93 unidades.
Os modelos BMW e Yamaha sofrem com a falta de peças mecânicas, falhas elétricas e ausência de equipamentos de sinalização policial, como sirene e iluminação intermitente. A maioria também apresenta problemas nos pneus que estão gastos aumentando assim o risco de acidentes. De acordo com os próprios policiais as ocorrências estão sendo atendidas de maneira diferente. “Estamos embarcando na caçamba das caminhonetes, atendendo o chamado da população de maneira insegura e totalmente imprópria. É lamentável que uma das mais atuantes unidades da Polícia Militar esteja nessas condições”, disse um dos PMs. 
A reportagem do PortalBO entrou em contato com comandante do CPM (Comando de Policiamento Metropolitano) o Coronel Zacarias Mendonça, o oficial afirmou que as medidas cabíveis para as viaturas voltarem a funcionar já estão sendo tomadas. “Existe uma empresa cadastrada pelo Estado para prestar os serviços necessários no que diz respeito a manutenção das motocicletas da Rocam e com isso já estamos acionando o comando da unidade para já encaminhar esses veículos para os devidos consertos”, disse.
Atualmente o comando da Rocam está sob a responsabilidade do Capitão Flávio Peixoto, o oficial preferiu não falar sobre o assunto até que o problema seja resolvido.
PORTAL BO