quarta-feira, 6 de junho de 2018

Mossoró registra o 111º Homicídio 2018: Comerciante baleado na manhã de hoje próximo ao Vuco Vuco morre no Hospital Tarcísio Maia

Imagem
A violência não dar trégua e a cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registra mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo.
O comerciante Eduardo Jose de Souza, 36 anos, baleado na manhã desta terça feira (05) na Rua Rodrigues Alves, próximo ao Shopping Popular Vuco Vuco, morreu agora a noite no Hospital Tarcísio Maia, onde estava internado.
De acordo com informações de testemunhas, o comerciante estava na calçada de um prédio que está sendo preparado para a instalação de uma borracharia de sua propriedade, quando um homem chegou de moto, retirou o capacete e conversou conversou com o mesmo. Minutos depois, ocorreu os disparos, sendo que a vítima ainda correu, mas caiu no meio da rua. O homem ligou a moto e fugiu sem ser identificado. Uma ambulância de Suporte Avançado do Samu foi ao local e socorreu Eduardo em estado grave para o Hospital Tarcísio Maia.
Por volta das 21h30min desta noite de terça feira, Eduardo apresentou uma piora em seu quadro clínico, não resistiu e morreu naquela unidade hospitalar. O corpo será encaminhado ao setor de medicina Legal do ITEP para ser necropsiado e depois liberado para sepultamento.
Até o momento não há informações sobre a motivação nem a autoria do crime. A Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM) vai iniciar nesta quarta feira, as investigações sobre o caso. No local onde o comerciante foi baleado, existem câmeras de monitoramento espalhadas em diversos prédios. As imagens deverão ser requisitadas pela DHM para tentar identificar o autor dos disparos.
FIM DA LINHA