segunda-feira, 9 de abril de 2018

Através da delegacia de Parelhas, Polícia Civil descobre oficina especializada em clonar veículos em Assú

A POLÍCIA CIVIL, através da Delegacia de Parelhas, apurou que um veículo roubado no dia 06/04/2018, à 00h20min, em Natal, no bairro de Ponta Negra, teria sido encaminhado para a cidade de Assu, transmitindo os fatos para a equipe de Policiais Civis local que, realizando diligências, confirmou a presença do veículo roubado numa residência situada no conjunto Colorado, próximo à BR-304, zona urbana de Assu.
Na manhã do dia de hoje, 09/04/2018, foi deflagrada a operação por Policiais Civis e Militares, constatando-se que o imóvel usado pelos criminosos funcionava como uma oficina para “CLONAR” veículos, sendo apreendidas as ferramentas utilizadas nos crimes e diversas placas de veículos roubados, além do RENAULT LOGA PRETO, PLACA QNI 5009, que foi roubado em Natal e já estava com outra placa.
O êxito maior da operação foi quando da identificação dos criminosos, ambos velhos perigosos criminosos conhecidos da polícia.
O primeiro autuado foi JÚLIO CESAR DE SOUZA OLIVEIRA (31 anos), natural de Macau/RN, conhecido como “assaltante de bancos, agências dos correios, lotéricas e postos de combustíveis”, tendo sido preso no ano de 2012 em razão do assalto aos Correios da cidade de Ielmo Marinho. Contra ele existia um MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA expedido pelo Juiz Federal da 11ª Vara Federal (Assu), além de estar indiciado em Inquéritos Policiais na cidade de Mossoró/RN.
O segundo autuado foi ELYGERSON ALBANO CORTEZ (27 anos), vulgo “FOFÃO”, natural de Assu/RN, foi preso no ano de 2016, também em Assu, na posse de um veículo HILUX roubada, sendo também apontado como o responsável pelo roubo e adulteração de diversos veículos apreendidos no Vale do Assu, inclusive um encontrado com a própria prima, de nome ANICHELY KALINI, em novembro de 2017, tendo ela sido presa em flagrante pelo crime de receptação pelos Policiais Civis de Assu.
A dupla foi autuada em flagrante pelos crimes de RECEPTAÇÃO e de ADULTERAÇÃO DE SINAIS IDENTIFICADORES DE VEÍCULO, sendo comunicado aos juízos onde os mesmos respondem processos. Atuaram na operação a POLÍCIA MILITAR (Força Tática e GTO de Assu) e a POLÍCIA CIVIL (Assu). Continuem denunciando pelos DISK-DENÚNCIAS, através do número 181, como também pelos whatsapp (84) 9 9992-2122 ou (84) 9 8155-2956. 
"Força e Honra
JAIR SAMPAIO