quinta-feira, 22 de março de 2018

RN é o estado com a maior taxa de crimes violentos de 2017

Com uma taxa de 64 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes, o Rio Grande do Norte foi o estado brasileiro mais violento de 2017 quando considerado o tamanho da população. O levantamento foi realizado em todo o país pelo G1 – por meio do Monitor da Violência – que usou dados oficiais repassados diretamente pelas secretarias de segurança pública de cada estado ou por meio da Lei de Acesso à Informação.
A projeção populacional do IBGE para o RN em 2017 foi de aproximadamente 3,5 milhões de habitantes.
No RN, segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), 2.246 pessoas foram vítimas de crimes violentos no ano passado, sendo:
O segundo estado mais violento em 2017, ainda de acordo com o levantamento do G1, foi o Acre, com total de 530 mortes registradas e taxa de 63,9 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes.
O terceiro é Pernambuco, com 5.427 mortes em 21017, o que representa taxa de 57,3 mortes por cada grupo de 100 mil pessoas.
Outros dados
O Rio Grande do Norte apresentou um crescimento de 72,9% nos casos de latrocínio (roubo seguido de morte) quando comparados os últimos dois anos. O número de latrocínios no estado pulou de 48 (em 2016) para 83 (em 2017).
O estado também teve a pior taxa de lesão corporal seguida de morte do país. Em 2017, foram 301 casos, e em 2016, tinham sido 118 – o que dá um crescimento de 155% em apenas um ano. 
Em termos de crescimento, o RN foi o 5º com maior evolução na taxa de mortes violentas.
G1/RN