quinta-feira, 22 de março de 2018

Polícia prende dois suspeitos de participação em assassinato de advogado

A Polícia Civil realizou na manhã desta quarta-feira (21), uma coletiva de imprensa com a intenção de apresentar os suspeitos de participarem do assassinato do advogado Márcio Marinho, de 59 anos, no bairro de Capim Macio, em 8 de Novembro de 2017.
Na coletiva, o Delegado Marcos Vinícius, titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Zona Sul, identificou quatro suspeitos de participarem da ação, dois desses já haviam sido presos, além de um menor que foi apreendido.
Nas primeiras investigações da Divisão, os agentes identificaram os carros que participaram da ação, sendo um Kia Picanto e uma Chevrolet Spin, utilizada como Táxi. A identificação do Kia levou até João Paulo Lima, vulgo “Índio”, 26 anos, preso em 05 de Dezembro de 2017. Ele está diretamente ligado na negociação deste veículo utilizado no crime. Após a identificação do Táxi, o proprietário identificado como Roberto Malaquias dos Santos, 48 anos, também foi preso, suspeito de dar apoio à ação. Além dos dois, a polícia apreendeu um menor, apontado como motorista do Kia no momento do assassinato. 
“A motivação para o crime ainda é incerta. Trabalhamos com a possibilidade de execução, e consideramos a atividade profissional do advogado, como possível motivo”, afirmou o delegado Marcos Vinícius.
A Polícia está à procura de Jesaías de Oliveira Silva, 31 anos, suspeito de ser o executor do crime, e de Ricardo Campelo da Silva, 38 anos, suspeito de ter auxiliado Jesaías. Afirmamos mais uma vez a importância da colaboração da população através de denúncias pelo número 181.
PC/ASSECOM




TUDO EM ATÉ 10 x NO CARTÃO