domingo, 11 de março de 2018

Mossoró registra o 56º homicídio de 2018. Mulher foi morta a tiros no bairro Boa Vista

O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou 56° de homicídio de 2018 em Mossoró no Rio Grande do Norte no início da tarde deste sábado 10 de março.
A ação criminosa ocorreu na rua Severino Praxedes Sobrinho, no bairro Boa Vista.
De acordo com a Polícia Militar, a mulher identificada como a ex-presidiária Adriana Bento da Silva, de 38 anos, natural de São Miguel-RN foi morta a tiros na calçada de uma residência. 
Ainda não há informações sobre a motivação do crime e nem pistas sobre os assassinos.
Segundo uma testemunha, dois criminosos em uma motocicleta se aproximaram da vítima e dispararam várias vezes. Após o crime, os dois fugiram com destino ignorado sem levar nada. Segundo o perito criminal Renildo Marcelino que realizou a perícia no local, a mulher foi atingida com três tiros na cabeça.
A Polícia Militar isolou o local de crime até a chegada da equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia ITEP, que removeu o corpo para a sede do órgão.
Histórico
Durante uma operação realizada pelas Polícia Civil e Militar no dia 02 de agosto de 2010, Adriana foi presa acusada de usar quatro filhos menores de idade para traficar drogas na cidade de Felipe Guerra (RELEMBRE)
No dia 06 de agosto de 2017, Adriana teve um filho morto dentro de uma ambulância da cidade de Baraúna. David Kennedy da Silva Fernandes de 21 anos, natural de Mossoró foi executado dentro da ambulância quando era socorrido para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró. Os criminosos interceptaram a ambulância e terminaram de matar o mesmo.(RELEMBRE).
PASSANDO NA HORA