quarta-feira, 7 de março de 2018

CRIANÇA DE 03 MESES SOFRE GRAVE ACIDENTE DOMÉSTICO EM CURRAIS NOVOS

UMA MENINA DE APENAS 03 MESES DE IDADE,  FILHA DE UM POLICIAL MILITAR, SOFREU UM GRAVE ACIDENTE DOMÉSTICO NO FINAL DA MANHÃ DESSA QUARTA-FEIRA (07/03) NO BAIRRO RADIR PEREIRA EM CURRAIS NOVOS. UMA VIATURA DOS BOMBEIROS CIVIS "MANDACARÚ" FOI ACIONADA PARA CONDUZIR A CRIANÇA ATÉ O HOSPITAL REGIONAL, PORÉM NO CAMINHO A AMBULÂNCIA QUEBROU E FOI SOLICITADO APOIO DO SAMU, MAS DEVIDO AO PROTOCOLO E A  FALTA DE PROFISSIONALISMO DE SEUS FUNCIONÁRIOS, HOUVE UM PRINCÍPIO DE TUMULTO COM OS POLICIAIS MILITARES QUE TIVERAM QUE SE DESLOCAR ATÉ A SEDE DO ÓRGÃO PARA COBRAR AGILIDADE NO ATENDIMENTO.
SEGUNDO OS POLICIAIS A CRIANÇA FICOU CERCA DE 25 MINUTOS DESACORDADA, DENTRO DE UMA AMBULÂNCIA SEM REFRIGERAÇÃO AGUARDANDO A AMBULÂNCIA DO SAMU.
OS POLICIAIS DISSERAM QUE UMA ENFERMEIRA TERIA ALEGADO QUE SÓ SAIRIA PARA ATENDER A OCORRÊNCIA APÓS ALMOÇAR E QUE FORAM, QUESTIONADOS O PORQUE DE UMA AMBULÂNCIA QUE NÃO FOSSE DO SAMU, ESTARIA ATENDENDO AQUELA OCORRÊNCIA. ORA, MEUS AMIGOS, NUMA HORA DESSAS QUEM DANADO VAI ESPERAR, A PRIMEIRA QUE APARECER É A QUE VAI SOCORRER A VÍTIMA.
O FISCAL DE DIA TEVE QUE AMEAÇAR DAR VOZ DE PRISÃO A EQUIPE POR OMISSÃO DE SOCORRO PARA QUE ELES AGILIZASSEM O ATENDIMENTO.
APÓS CERCA DE 30 MINUTOS A MENINA DEU ENTRADA NA EMERGÊNCIA DO REGIONAL E APÓS RECEBER OS PRIMEIROS SOCORROS FOI TRANSFERIDA PARA NATAL.
FICAMOS AQUI NA TORCIDA PELA RECUPERAÇÃO DA CRIANÇA QUE POSSA SE RECUPERAR O QUANTO ANTES.
PESSOAL TRABALHAMOS COM VIDAS, NÃO CONTO AS VEZES QUE EU, SD PM J JÚNIOR E VÁRIOS OUTROS POLICIAIS MILITARES, FICAMOS SEM ALMOÇAR OU SEM JANTAR PORQUE ESTÁVAMOS ATENDENDO OCORRÊNCIAS, MUITAS VEZES SE DESLOCANDO A CAICÓ COM FLAGRANTES OU ATÉ MESMO DIRIGINDO A PRÓPRIA AMBULÂNCIA DO HOSPITAL REGIONAL, QUANDO NÃO TINHA MOTORISTA DISPONÍVEL, PARA ATENDER VÍTIMAS DE OCORRÊNCIAS GRAVES.
SEJAMOS MAIS PROFISSIONAIS SÃO VIDAS QUE DEPENDEM DO NOSSO TRABALHO. 
POR J JÚNIOR




TUDO EM ATÉ 10 x NO CARTÃO