segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Mosoró registra o 3º homicídio de 2017

PASSANDO NA HORA
O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou o 3° de homicídio de 2018 por volta das 11:00hs desta segunda feira 08 de janeiro em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa aconteceu por trás da rua Francisco Pereira de Azevedo, em um terreno baldio conhecido como beco da Techint no Conjunto Nova Vida no Dom Jaime Câmara (Malvinas).
A vítima que já tem passagem pela polícia,foi identificado como Landerico Maurício da Silva, 30 anos de idade que foi alvejado na cabeça com uma arma de grosso calibre.
No braço da vítima tem uma tatuagem de palhaço,que na gíria do crime é conhecido como "matador de policiais".
A esposa da vítima esteve no local e relatou aos policiais militares que atenderam a ocorrência que o mesmo informou que estava saindo para pegar uma bicicleta,e disse também que o mesmo deu um abraço nela e disse "essa pode ser a última vez que está me vendo.
No local ninguém sabe ninguém viu, populares apenas relataram que ouviram um disparo.
Uma ambulância ALFA com suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192),foi acionada e constatou o óbito.
A Polícia Militar isola o local de crime aguardando a chegada da equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia ITEP
No dia 04 de maio de 2012, Landerico foi preso acusado de tráfico de drogas no bairro Aeroporto (RELEMBRE).