domingo, 14 de janeiro de 2018

Luto no Jiu-Jitsu potiguar: professor Bosco é encontrado morto em casa

JAIR SAMPAIO
O professor de Jiu-jitsu Alexandre Henrique de Brito, ‘Bosco’, de 47 anos, foi encontrado morto na noite desse sábado, em sua residência, em Lagoa Nova.
Segundo informações da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), que investigará o caso, Bosco teria se envolvido em um acidente automobilístico na avenida Jaguarari, onde saiu machucado na face.
A vítima teria ido em casa pedir ajuda a familiares e, antes mesmo da irmã dele providenciar sua ida ao pronto-socorro, ouviu um estampido. Ao chegar ao local, presenciou o professor caído ao chão com um tiro no peito.
Ainda segundo o DHPP, Bosco estava acometido de uma depressão e, mesmo com indícios de suicídio, a Polícia Civil irá investigar a morte.
Bosco era bastante conhecido e respeitado no Jiu-Jitsu potiguar, tendo sido, inclusive, gestor de uma unidade prisional no Rio Grande do Norte. O velório e o sepultamento acontece no final da tarde deste domingo no cemitério Morada da Paz, em Emaús.
Em seu perfil no Facebook, o também mestre de Jiu-jitsu, Jair Lourenço (Kimura) prestou a seguinte homenagem a Bosco: “Que Descanse em Paz o Grande Mestre das Lutas Alexandre Bosco… Um dos primeiros representantes do Rio Grande do Norte no Jiu-Jitsu e no Antigo Vale-Tudo. Foram muitas Batalhas na vida e na Luta, e é chegada a hora do descanso final. Muito Obrigado pelos ensinamentos dos primeiros passos do Jiu-jitsu Professor, você foi um dos grandes heróis das lutas no qual tivemos o prazer de assistir em seu apogeu… Que DEUS o Guarde, e Conforte os corações de sua Família e amigos.




MECÂNICA EM GERAL COM PROFISSIONAIS QUALIFICADOS