quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Policial da Força Nacional é baleada ao reagir a assalto em Natal; na cidade, PM segue fora das ruas

G1/RN
Segundo informações do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), os dois policiais da Força Nacional estavam a pé e não usavam farda.
Eles caminhavam na esquina das avenidas Alexandrino de Alencar com a Prudente de Morais com destino à Academia de Polícia, onde estão sediados, quando três homens armados se aproximaram em um carro e anunciaram o assalto. Os policiais reagiram e trocaram tiros com os bandidos. Um deles foi baleado e socorrido. Outros dois acabaram presos.
A policial ferida tem 44 anos e é cabo da PM do Mato Grosso do Sul. O outro policial também é cabo. Ele tem 33 anos e é lotado na Paraíba.
No Rio Grande do Norte, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estão fora das ruas faz uma semana em protesto contra o atraso dos salários e falta de condições de trabalho. A Polícia Civil também participa do movimento e trabalha em regime de plantão.
Força Nacional
Os policiais da Força Nacional chegaram a Natal na madrugada da sexta-feira (22) e durante a manhã já estavam nas ruas da cidade. O objetivo é reforçar o patrulhamento ostensivo, já que a PM está aquartelada. O reforço foi enviado a pedido do governo do estado. Ao todo, são 70 agentes, que se somam a outros 120 policiais que já estavam no Rio Grande do Norte atuando em outras frentes.
RN sem PM
Desde o início da mobilização, vários arrombamentos de lojas, roubos de carros e assaltos foram registrados na região metropolitana da capital. Em uma semana sem polícia nas ruas, o RN soma mais de 50 homicídios e mais de 360 crimes foram registrados somente na Grande Natal




MECÂNICA EM GERAL COM PROFISSIONAIS QUALIFICADOS