quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Criminosos explodem dois bancos em cidades da PB e atacam prédio da PM

G1/PB
Duas agências bancárias da Paraíba foram explodidas no mesmo horário, durante a madrugada desta quarta-feira (27). Os ataques ocorreram nas cidades de Lagoa Seca e Pilar. Além de detonarem os caixas eletrônicos, em uma das ações, os criminosos atacaram viaturas e até o prédio da Polícia Militar com armas de fogo e até bomba de efeito moral.
As explosões ocorreram por volta das 3h (horário local). Na cidade de Lagoa Seca, no Agreste do estado, um grupo armado formado por cinco homens chegou a cidade já atirando para o alto. A quadrilha fez feirantes que estavam no Centro da cidade refém. Na agência particular que fica na BR-104, os criminosos explodiram três caixas eletrônicos.
A ação em Lagoa Seca durou mais de 15 minutos, tempo em que os criminosos também atiravam para o alto. Os homens fugiram pela rodovia e espalharam grampos na pista. Vários veículos tiveram os pneus furados. A Polícia Militar foi acionada, fez buscar, mas até 7h20 ninguém foi preso. A Polícia Militar não sabe qual o valor levado pela quadrilha.
Já na cidade de Pilar, na região da Mata paraibana, quatro homens armados chegaram na cidade em um veículo e foram direto para agência bancária, explodiram um caixa eletrônico. Durante a ação, os criminosos atiraram contra a sede da companhia de Polícia Militar da cidade, furaram os pneus da viatura e ainda soltaram uma bomba de efeito moral, em frente ao local.
A Polícia Militar não soube informar se o grupo levou alguma quantia em dinheiro do local. Os policiais do 12º Companhia de Polícia Militar pediram o apoio de policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar, mas até às 7h30 desta quarta-feira ninguém foi localizado.