domingo, 30 de julho de 2017

MOSSORÓ REGISTRA O 145º HOMICÍDIO DE 2017. CORPO DE TAXISTA QUE ESTAVA DESAPARECIDO FOI ENCONTRADO, SUSPEITO FOI PRESO

SUSPEITO CONFESSOU O CRIME E LEVOU A POLÍCIA ATÉ O CORPO DA VÍTIMA
VÍTIMA
PASSANDO NA HORA
A polícia militar localizou na madrugada deste domingo 30 de julho o veículo Zafira de cor preta com placas PEV 1246 do taxista Everaldo Batista,41 anos conhecido como Zuza que fazia a linha Mossoró/Natal e estava desaparecido desde o último dia 27.














Ele foi visto pela última vez no dia 27 no centro de Mossoró descarregando uma mercadoria trazida por ele de Natal juntamente com o suspeito que foi preso e mostrou a polícia onde estava o corpo. 
O vídeo foi publicado pelo Passando na Hora (ASSISTA)
O suspeito que não portava documentos disse que se chamava Cristiano Whahington Moreira da Costa de 31 anos de idade conhecido como "Buda" e levou os policias até o local onde o corpo estava as margens da BR 405, próximo a Comunidade do Jucuri Zona Rural de Mossoró.
Outras duas pessoas suspeitas de envolvimento também foram presas, um homem e mulher e se encontram na Delegacia de Plantão onde serão ouvidas pelo delegado Dr. Evandro dos Santos.
O caso ainda não está encerrado, pois há possibilidade de haver mais gente envolvida no latrocínio e a Delegacia de Furtos e Roubos, vai dar andamento nas investigações.
De acordo com o perito criminal do ITEP, Dr. Otávio Domingos, o taxista foi morto no local com cutiladas de faca peixeira há cerca de três três dias.Foram visualizadas perfurações de arma branca nas regiões do pescoço, tórax e abdômen.
A vítima foi encontrada no local só de cueca e camisa.A calça foi localizada a cinco metros do corpo.
A perícia acredita que o assassino teve ajuda de outro criminoso para matar a vítima.
Na véspera de natal de 2013 "Buda" foi preso na cidade de Grossos-RN,apos assaltar a residência de um idoso (RELEMBRE).
Essa é a 145ª morte violenta em Mossoró em 2017.
PASSANDO NA HORA
A polícia militar localizou na madrugada deste domingo 30 de julho o veículo Zafira de cor preta com placas PEV 1246 do taxista Everaldo Batista,41 anos conhecido como Zuza que fazia a linha Mossoró/Natal e estava desaparecido desde o último dia 27.
Ele foi visto pela última vez no dia 27 no centro de Mossoró descarregando uma mercadoria trazida por ele de Natal juntamente com o suspeito que foi preso e mostrou a polícia onde estava o corpo. 
O vídeo foi publicado pelo Passando na Hora (ASSISTA)
O suspeito que não portava documentos disse que se chamava Cristiano Whahington Moreira da Costa de 31 anos de idade conhecido como "Buda" e levou os policias até o local onde o corpo estava as margens da BR 405, próximo a Comunidade do Jucuri Zona Rural de Mossoró.
Outras duas pessoas suspeitas de envolvimento também foram presas, um homem e mulher e se encontram na Delegacia de Plantão onde serão ouvidas pelo delegado Dr. Evandro dos Santos.
O caso ainda não está encerrado, pois há possibilidade de haver mais gente envolvida no latrocínio e a Delegacia de Furtos e Roubos, vai dar andamento nas investigações.
De acordo com o perito criminal do ITEP, Dr. Otávio Domingos, o taxista foi morto no local com cutiladas de faca peixeira há cerca de três três dias.Foram visualizadas perfurações de arma branca nas regiões do pescoço, tórax e abdômen.
A vítima foi encontrada no local só de cueca e camisa.A calça foi localizada a cinco metros do corpo.
A perícia acredita que o assassino teve ajuda de outro criminoso para matar a vítima.
Na véspera de natal de 2013 "Buda" foi preso na cidade de Grossos-RN, apos assaltar a residência de um idoso (RELEMBRE).
Essa é a 145ª morte violenta em Mossoró em 2017.




GRANDES PROMOÇÕES E NOVAS INSTALAÇÕES 
RUA LAURENTINO BEZERRA, SEGUNDO CANTEIRO DA FEIRA COBERTA EM CURRAIS NOVOS 
DESCONTOS DE 25 A 50 % 
MODA MASCULINA, FEMININA E INFANTIL, VENHA CONFERIR NOSSAS PROMOÇÕES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acusado de tentar contra a vida da tia em Ouro Branco é preso pela Polícia Militar

JAIR SAMPAIO Quem foi preso ainda na tarde desse domingo, 15, depois de ter esfaqueado uma tia, foi o ourobranquense Manoel Júnior da S...