segunda-feira, 17 de julho de 2017

Mossoró registra o 134º e 135º homicídios de 2017


PASSANDO NA HORA
O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou um crime de duplo homicídio por volta das 20:50hs deste domingo 16 de julho de 2017 em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa ocorreu na Rua José Malaquias de Oliveira e a cerca de 300 metros, na Rua Maria Nunes da Silva,na Favela do Fio.
De acordo com as primeiras informações Cerca de 15 homens,de duas facções rivais estariam envolvidos no tiroteio,que deixou duas pessoas mortas e uma baleada.
Moradores informaram a polícia que foram mais de 100 tiros, uma verdadeira cena se guerra na Favela.
Segundo informações da policia, a Favela do Fio, já foi dominada pelo Primeiro Comando da Capital, “PCC” que perdeu o domínio para o Sindicato do RN, “SDC” e desde ontem, 15, as duas facções estariam em conflito, com o “PCC” querendo de volta o domínio da Favela.
A policia acredita que os integrantes do “PCC” foram surpreendidos quando tentaram invadir a Favela
Uma das vítimas,foi identificado como Marcelo Martins da Silva,e tinha passagens pela Penitenciaria Mario Negocio em Mossoró, Alcaçuz em Nísia Floresta,e há pouco tempo havia retornado da Penitenciária Federal de Catanduvas, no estado do Paraná.,seria o número 3 do PCC no RN e comandava a facção em Mossoró.
A outra vítima foi identificada como Paulo Mendes Rodrigues da Costa..
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192),foi acionado e socorreu um senhor identificado como Geraldo Vieira Moreno,ficou no meio do fogo é acabou sendo baleado no braço, mas está fora de perigo. .
A Polícia Militar isolou o local de crime até a chegada do Instituto Técnico-Científico de Perícia - ITEP, que removeu o corpo para a sede do órgão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Polícia Militar do RN promove solenidade alusiva ao dia da bandeira

JAIR SAMPAIO Comemorada desde a Proclamação da República, em 1889, todas as unidades militares do Brasil realizam, às 12 horas (horário...