sexta-feira, 16 de junho de 2017

Morre a ex-governadora do Rio Grande do Norte Wilma de Faria

 
 Redação agora RN
Morreu no final da noite desta quinta-feira 15, feriado de Corpus Christi, aos 72 anos, a ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria. Wilma, que cumpria mandato como vereadora de Natal, estava internada no Hospital São Lucas desde a última semana para continuar o tratamento contra um câncer no duodeno. Nos últimos dias, seu estado de saúde havia se agravado. Ela respirava com a ajuda de aparelhos, mas não resistiu.
A morte da ex-vereadora, que havia tirado licença da Câmara Municipal de Natal, sendo substituída por Dickson Nasser Jr. (PSDB), foi confirmada às 23h40. Ela deixa quatro filhos – a deputada estadual Márcia Maia (PSDB), Ana Cristina Maia, Cíntia Maia e Lauro Maia – e 13 netos.
O corpo de Wilma de Faria será velado no Palácio da Cultura, na Praça 7 de Setembro. O sepultamento, por sua vez, ocorre no Cemitério Morada da Paz, em Emaús.
Trajetória
Mestra em Educação e especialista em Sociologia, Wilma Maria de Faria nasceu em Mossoró, na região Oeste, e cresceu em Caicó, no Seridó. Era professora aposentada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde se licenciou em Letras.
Sua trajetória política foi marcada pelo pioneirismo e ousadia. Quebrando a forte herança machista no estado, Wilma foi eleita a primeira deputada federal pelo RN em 1986, atuando em defesa dos direitos dos trabalhadores – o que lhe rendeu nota 10 do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap).
Em 1988 se elegeu a primeira prefeita de Natal, cidade que administrou por três mandatos (1988, 1996 e 2000). Já no ano de 2002 marcou mais um capítulo da história política do estado, ao ser eleita a primeira mulher a governar o Rio Grande do Norte, liderando uma frente de pequenos partidos. Foi reeleita em 2006.
Wilma de Faria também foi vice-prefeita da cidade do Natal entre 2012 e 2016, e presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB/RN) por 20 anos. Atualmente era vereadora de Natal pelo Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) para a legislatura 2017-2020.
Legado
Por onde passou, Wilma foi reconhecida pelo seu trabalho e dedicação, principalmente na área social. Mas foi à frente do executivo estadual que a ‘guerreira’ desenvolveu suas maiores ações e obras, entre elas a expansão da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), a Refinaria Clara Camarão, em Guamaré; a Ponte de Todos Newton Navarro, em Natal; a Ponte da Ilha de Santana, em Macau; a Ponte de Jucurutu; o Complexo Turístico Ilha de Santana, em Caicó; a Revitalização da Av. Rio Branco, a construção do Expocenter e a implantação do Curso de Medicina, em Mossoró.
Destaque ainda para o Programa de Segurança Alimentar, com os Restaurantes Populares, assim como a duplicação do número de Centrais do Cidadão; além de ter realizado um grande programa rural de apoio ao homem do campo: o Desenvolvimento Solidário.
Wilma orgulhava-se também de ter melhorado os índices socioeconômicos do estado, sobretudo em energia eólica, que alçaram o RN de zero em energia limpa ao 1º lugar nos leilões do país, além de no turismo, principal atividade econômica, ter colocado o RN como destaque do Nordeste.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homicídio foi registrado em Martins

PASSANDO NA HORA Um Crime de Homicídio foi registrado na tarde deste domingo 25 de junho de 2017, na cidade de Martins que fica localiz...