quinta-feira, 1 de junho de 2017

CURRAISNOVENSE COMETE SUICÍDIO NO CDP DE JUCURUTU

Bruno Farias de Araújo, natural de Currais Novos, acusado de furar com golpe de faca a sua ex-companheira, Lucivânia Silva de Melo, 33 anos, morreu dentro do CDP de Jucurutu. Informações apontam que o detento tirou a própria vida. 
Bruno tinha sido preso em março de 2016. Nem a polícia e nem a administração daquela unidade prisional sabe dizer o motivo do crime. O corpo será necropsiado no ITEP de Caicó e deve apontar a causa morte.
Blog Jair Sampaio com informações de Damião Oliveira
"Transferido de Parelhas para Jucurutu, a pedido da família, há pouco mais de uma semana, o preso estava visivelmente transtornado e tinha pedido para retornar para o CDP/Parelhas", confirma o diretor, Reginaldo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mossoró registra o 227º homicídio de 2017

Mais imagens   PASSANDO NA HORA O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM),registrou a morte violenta de número 227 por volta d...