quinta-feira, 11 de maio de 2017

Polícia Militar prende parte da quadrilha acusada de explodir caixa eletrônico em Cuité/PB, nessa madrugada

A Polícia Militar prendeu cinco suspeitos da quadrilha que explodiu, na madrugada desta quinta-feira (11), a agência do Bradesco da cidade de Cuité, no Curimataú da Paraíba. Os acusados foram surpreendidos na fuga por policiais do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC) - tropa criada pelo comando da PM para combater as quadrilhas de ações contra bancos no Estado.
José Ednaldo da Silva, de 32 anos; Francisco de Assis Silva Casado, 32; Abravanel Bruno Alves da Silva, 19 anos; Lucas da Silva Machado, de 21 anos e Edson Ferreira da Silva, 39, foram presos na cidade de Barra de Santa Rosa, na Paraíba. Após a prisão dos cinco, equipes das Polícias Militar e Civil, com apoio do helicóptero Acauã, realizaram buscas em toda zona rural dos municípios da região.
Com os suspeitos, foram apreendidos 4 carros, um deles do Rio Grande do Norte, e uma moto, bem como duas armas de grosso calibre, explosivos, munições, capas de colete balístico, balaclava, roupas camufladas, grampos e ferramentas usadas na ação contra o banco.
Os presos são da Paraíba, mas a quadrilha tem ramificação no Estado do Rio Grande do Norte, conforme informações preliminares.
Os cinco serão levados para a Delegacia de Polícia Civil, em Cuité.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homem de São Rafael morre em acidente de trabalho no campo de Serraria em Serra do Mel

FOCOELHO Um acidente de trabalho deixou uma vítima fatal nesta terça-feira (23) em uma empresa terceirizada que presta serviços a Petro...