quarta-feira, 3 de maio de 2017

Mossoró registra o 88º homicídio de 2017

PASSANDO NA HORA
O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou mais um crime de homicídio no início da noite desta terça feira 02 de maio de 2017, em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa ocorreu no bairro Ouro Negro.
De acordo com as primeiras informações a vítima Lenilson Leite de Souza, conhecida como "Dito" comerciante e ex-presidente do Conselho Comunitário do bairro, foi alvejado com vários disparos. Ele foi socorrido por um familiar, mas morreu quando chegava no Hospital Regional Tarcísio Maia.
A vítima estava na calçada de sua casa, quando foi surpreendida por dois homens que chegaram em uma moto e o garupa efetuou os disparos e fugiram em sentido ignorado. 
Dito era considerado uma pessoa bem querida no bairro por lutar com a classe política para trazer melhorias à comunidade do Ouro Negro. 
Ano passado, Dito participou da inauguração da Praça Cassimiro Gomes Filho, onde destacou ser uma luta de mais de 20 anos dos moradores do bairro.
O corpo será encaminhado para o Instituto Técnico e Científico de Perícia  (ITEP). A equipe policial registrou o fato na Delegacia de Plantão para serem tomadas as devidas providências legais. 
A polícia ainda não tem informações sobre a motivação do crime.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homem de São Rafael morre em acidente de trabalho no campo de Serraria em Serra do Mel

FOCOELHO Um acidente de trabalho deixou uma vítima fatal nesta terça-feira (23) em uma empresa terceirizada que presta serviços a Petro...