quinta-feira, 20 de abril de 2017

Sesed adere a sistemas nacionais para otimizar ações policiais

SESED
A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) assinou, nesta terça-feira (18), o termo de adesão aos seguintes módulos do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e Sobre Drogas (Sinesp): Procedimentos Policiais Eletrônicos (PPe) e Central de Atendimento e Despacho (CAD).
O PPe tem como objetivo subsidiar uma gestão mais eficiente dos recursos físicos e materiais disponíveis à segurança pública, auxiliando na identificação dos fenômenos criminais, pautados em dados e informações registradas pelas Polícias estaduais, tendo como principais indicadores os perfis das vítimas/autores/infratores e os objetos envolvidos nas ocorrências.
 Já o CAD tem como objetivo atender às necessidades dos Centros Integrados de Comando e Controle ­ CICC, tornando possível a integração desses com as agências (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, SAMU, PRF etc) permitirá, através de apenas um contato telefônico feito pelo cidadão, o atendimento por uma ou mais agências de forma integrada, conforme as circunscrições e as atribuições, frente à natureza do incidente e facilitará a comunicação entre agências de um estado, bem como a cooperação dos demais entes federativos que vierem a adotá­-lo como ferramenta principal ou de apoio ao atendimento, despacho, monitoramento e finalização de incidentes.
 Com a adesão aos módulos, a Sesed terá acesso, de maneira quase que instantânea, as informações e estatísticas em todos os Estados que também já aderiram ao Sinesp. “Com essa adesão, teremos condições de otimizar os trabalhos realizados pelas forças de segurança, tanto na execução, quanto no planejamento das ações a serem realizadas”, destacou o secretário-adjunto da Sesed, tenente-coronel Raimundo Florêncio.
 Representantes das forças de segurança do RN já estão passando por capacitações para servirem de multiplicadores. Até o final do primeiro semestre, o PPe deve ser implementado na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher (Deam) zona Norte e Sul e Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov).  A médio e longo prazo as delegacias de todo o Rio Grande do Norte também receberão as ferramentas. As ações fazem parte do contexto do Plano Estratégico de Segurança Pública do Rio Grande do Norte.
 O PPe já está em funcionamento em Roraima, Amapá, Sergipe, Maranhão e Acre. Além deles, Tocantins e Piauí também manifestaram interesse.




SUPERMERCADO O BARATÃO DUAS LOJAS PARA MELHOR ATENDER A POPULAÇÃO CURRAISNOVENSE, VENHA CONFERIR NOSSAS PROMOÇÕES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bandidos e PMs da Força Nacional trocam tiros na Zona Oeste de Natal; população entra em pânico

G1/RN Policiais da Força Nacional foram recebidos a tiros na noite deste domingo (24) quando passavam pela Av. Felizardo Moura, próximo...