sábado, 1 de abril de 2017

Mossoró registra o 62º homicídio de 2017


PASSANDO NA HORA
O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou mais um crime de homicídio por volta das 02:00hs deste sábado 01 abril de 2017,em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa ocorreu em uma rua sem calçamento, que passa em frente ao Posto da Rodoviária Federal no bairro Dom Jaime Câmera (Malvinas).
Várias viaturas do 12° BPM, com apoio também de viaturas do 2°BPM, foram acionadas para frente da PRF, saída para Natal, informando que elementos da Favela do Velho, teriam invadido uma residência em frente ao posto da PRF. Os policiais ao realizar uma varredura, encontraram um corpo ao chão de um indivíduo de aproximadamente 25 anos de idade, em uma estrada carroçável.
Ele estava com um pano amarrado na cabeça e ao lado do corpo, um revólver calibre 38 com 05 munições, sendo 04 deflagradas.
Segundo o perito criminal Renildo Marcelino, o indivíduo foi morto com um tiro de espingarda, possivelmente de escopeta. Foi possível identificar várias perfurações compatíveis com munições de cartucho, na região abdominal e outras perfurações nas costas, que podem ter sido provocadas por outro tipo de arma. A vitima tem o nome "Wiliane" tatuado nas costas.
A polícia não informou se a morte do elemento tem relação com a tentativa de invasão a residência na Favela do Velho. O corpo mesmo sem identificação foi removido para a base da Unidade Regional do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), onde deverá ser identificado e necropsiado.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem empréstimo de R$ 698 milhões, governo do RN não tem recursos para pagar salários

G1/RN Governando o Rio Grande do Norte interinamente até esta sexta-feira (20), durante a ausência de Robinson Faria (PSD), que foi à E...