segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Polícia Civil prende irmãos suspeitos de roubo de carros no RN

Armas, munições e celulares foram apreendidos com a dupla (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
FOTO: JAIR SAMPAIO

G1/RN
Agentes da Delegacia Especializada em Defesa e Propriedade de Veículos (Deprov) prenderam na manhã desta segunda-feira (13) dois homens suspeitos de integrarem uma quadrilha que roubava carros no Rio Grande do Norte.
De acordo com a Polícia Civil, foram encontradas armas, munições e celulares com os homens.
Ainda de acordo com a PC, os suspeitos são irmãos e foram presos em casa, na Grande Natal. O mais novo, de 30 anos, já possuía mandado de prisão em aberto. O outro, de 33 anos, foi preso em flagrante por posse e receptação de arma de fogo.
ATUALIZADO JAIR SAMPAIO
Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão em Natal e Parnamirim e conseguiram prender dois irmãos, além de apreender armas, munições e celulares, na manhã desta segunda-feira (13).
Foram presos Francisco Aureliano de Oliveira, 30 anos e Francisco Adomilson de Oliveira, de 33 anos.
Francisco Aureliano de Oliveira, que é investigado pela participação em roubos a veículos, foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, quando estava em sua residência no bairro de Nova Parnamirim. Ele cumpria pena no regime semiaberto.

Outra equipe de policiais civis foi até a casa de Francisco Adomilson de Oliveira, que fica localizada no bairro Dix-Sept Rosado em Natal e cumpriu um mandado judicial de busca e apreensão. “Como ele estava na posse de uma pistola 938 calibre 380 e de um revólver calibre 38, além de vasta quantidade de munição para as duas armas, foi preso em flagrante pelo crime de posse e receptação de arma de fogo. Com a efetivação destas duas prisões, nós continuaremos as investigações para descobrir outros comparsas”, detalhou o delegado titular da Deprov, Licurgo Nunes.






Nenhum comentário:

Postar um comentário