quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Mossoró registra o 21º homicídio de 2016. Polícia Militar prende acusado

PASSANDO NA HORA
Josivaldo Holanda Cordeiro 30 anos de idade, foi morto a golpes de punhal na noite desta terça feira 31 janeiro 2017, na rua Pupunha no Conjunto Jardim das Palmeiras por trás do CEDUC, após as Malvinas. A vítima foi socorrida para a UPA do São Manoel, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos. Segundo a polícia na tarde de hoje o acusado teria praticado um roubo e se escondeu na residência da vítima. A noite ao chegar do trabalho a vítima foi questionar com o acusado por que ele teria entrado em sua casa. O acusado puxou punhal e passou a ferir a vítima. Após cometer o crime o acusado desafiou a polícia voltando na casa da vítima e tentou atear fogo na casa do mesmo. Os moradores vizinhos com medo do fogo se alastrar apagaram o fogo usando baldes de água. A viatura da área e a ROCAM tentaram pegar o elemento que fugiu pulando muros de residências e adentrou dentro do matagal. Foram efetuados alguns disparos de contenção, porém o elemento não foi atingido e fugiu do cerco policial, mas acabou sendo preso em seguida.
O acusado do crime foi identificado como José Mário Pereira Satiro 19 anos de idade e foi conduzido para a Delegacia de Plantão onde deverá ser autuado por homicídio e em seguida conduzido para a Cadeia Pública Manoel Onofre de Souza onde ficará à disposição da justiça. Essa é a 21° morte violenta em Mossoró em 2017.




Nenhum comentário:

Postar um comentário