terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Kelps pede para Assembleia derrubar veto de Robinson ao projeto de barateia armas para policiais

JAIR SAMPAIO
O Governo Robinson vetou o projeto de lei que retira impostos dos policiais militares, policiais civis, bombeiros e agentes penitenciários na aquisição de armas para serem usadas no dia a dia do trabalho de segurança pública. A Assembleia Legislativa pode derrubar o veto e aprovar a lei, criando esse benefício para a categoria, mesmo contra a vontade do Governo. Para isso, o veto deve ser derrubado pela votação da maioria dos deputados.
O deputado Kelps Lima já anunciou que vai votar para derrubar o veto do Governo e pela aprovação da lei que beneficia os profissionais da área de segurança. Além disso, Kelps defende que os deputados votem o projeto dos policiais antes de outros temas, como os vetos que o mesmo Governo fez às emendas parlamentares que os deputados inscreveram no Orçamento do Estado. “O Governo vetou uma lei de interesse dos policiais e também vetou emendas de interesse dos deputados. Será um gesto importante da Assembleia votar primeiro a lei que beneficia os policiais e só depois começar a votação dos vetos que dizem respeitos às emendas de interesse dos parlamentares.”, argumenta o deputado. Para Kelps, a lei que isenta os policiais do ICMS tem importância no aspecto econômico, ao facilitar o armamento com menos ônus financeiro. Também há um aspecto moral, no momento em que dá à tropa, aos agentes de polícia civil e agentes penitenciários o conforto de saberem que o Poder Legislativo presta atenção ao trabalho deles e procura criar mecanismos que diminuam as dificuldades no desempenho da função.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

CAPOTAMENTO DE VEÍCULO NA BR 226

Por Fernando Melo Na tarde deste domingo (20) foi verificado pela equipe de reportagem da CN Agitos, um grave acidente às margens ...