quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

RN recebe 78 agentes da força-tarefa de intervenção penitenciária

O foco das ações será a penitenciária de Alcaçuz, onde 26 detentos foram mortos  (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)
G1/RN
Os 78 agentes da força-tarefa que vai atuar nos presídios do Rio Grande do Norte chegaram ao estado. O foco das ações será a penitenciária de Alcaçuz, onde 26 detentos foram mortos desde o início do ano em uma rebelião motivada pela briga entre facções criminosas. Os agentes vêm do Departamento Penitenciário Nacional; do Rio de Janeiro; do Ceará; de São Paulo; e do Distrito Federal.
Ainda não há previsão de quando eles entram em ação, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc).
A Sejuc informou ao G1 que a forma de atuação desses agentes será definida de acordo com as demandas e com os planejamentos estratégicos coordenados pelo secretário de Segurança Pública e Defesa Social do RN, Caio Bezerra. A assessoria da Sejuc explicou que serão formadas equipes unindo agentes penitenciários do Rio Grande do Norte com os de outros estados, de forma que o trabalho seja integrado.
Esses agentes penitenciários de outros estados têm treinamento especial para atuação em casos específicos como rebeliões, controle da população carcerária e intervenção em unidades prisionais. O trabalho desses profissionais será acompanhado pelo Departamento Penitenciário Nacional.
Segundo o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, a força-tarefa permanecerá no estado por 30 dias, mas esse prazo poderá ser prorrogado ou antecipado, conforme pedido do governo do RN.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

CAPOTAMENTO DE VEÍCULO NA BR 226

Por Fernando Melo Na tarde deste domingo (20) foi verificado pela equipe de reportagem da CN Agitos, um grave acidente às margens ...