sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Novo presidente do TJRN toma posse e anuncia medidas

Expedito Ferreira de Souza faz discurso de posse como presidente do TJRN (Foto: Divulgação/TJRN)
G1/RN
O desembargador Expedito Ferreira de Souza assumiu a presidência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte na noite desta quinta-feira (5). Eleito pela Corte Estadual de Justiça em outubro de 2016, o novo presidente do TJRN conduzirá o Poder Judiciário do estado pelos próximos dois anos.
O vice-presidente será Gilson Barbosa. Também tomaram posse na quinta-feira a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, como corregedora geral da Justiça; o desembargador Claudio Santos, como diretor da Escola da Magistratura do RN; e o desembargador João Rebouças, como ouvidor geral do Poder Judiciário.
Para Expedito Ferreira, o maior desafio do cargo será enfrentar a crescente demanda processual, já que, segundo o TJRN, mais de 300 mil processos devem entrar na Justiça Estadual a partir de 2017. “Iremos valorizar os servidores e magistrados. Precisamos estar unidos para os próximos desafios”, declarou o presidente do TJ.
Na coletiva de imprensa, o desembargador afirmou que sua prioridade será a valorização de servidores e magistrados e o aumento da produtividade da Justiça Estadual. “Vamos atacar todos os gargalos da Justiça do Rio Grande do Norte”, disse. Ele destacou ainda que sua gestão terá uma marca própria.
Gestão
O novo presidente falou sobre a elaboração de uma nova Lei de Organização Judiciária. Ele disse também que vai redimensionar a força de trabalho nos órgãos componentes do 1º grau de jurisdição, a partir de estudo feito pela UFRN, que analisou a demanda processual em todas as comarcas do estado desde 2000 e fez uma previsão da quantidade de novos processos até 2026.
Como forma de valorização, Expedito Ferreira anunciou que vai elaborar, em 60 dias, uma minuta de projeto de lei prevendo a data base para reajuste dos servidores, antiga reivindicação da categoria. Também será estudada a reformulação do Plano de Cargos e Salários dos servidores do Judiciário potiguar.
Carreira
Expedito Ferreira de Souza nasceu em Alexandria, município do Oeste Potiguar, no dia 24 de fevereiro de 1950. Formou-se bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em 1979 e ingressou na magistratura como juiz da comarca de Upanema no ano seguinte. Trabalhou nas comarcas de Martins, Pau dos Ferros e na 2ª Vara Criminal de Mossoró. Em 1991, assumiu a 1ª Vara Criminal de Mossoró. Foi promovido a desembargador pelo critério de antiguidade em 2004, passando a fazer parte do TJRN no mesmo ano. Em 2006, foi vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) e, de 2008 a 2010, presidente da Corte Eleitoral. Foi vice-presidente do Tribunal de Justiça de 2011 a 2012, diretor da Escola da Magistratura no biênio seguinte e ouvidor geral (2015 a 2016). Até dezembro de 2016, foi presidente da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do RN.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tibau: Policia Militar prende jovem com mais de 100 pedras de crack.

Paulo Eronildes Batista Nolasco, 19 anos Militares do Pelotão da Policia Militar da cidade Praia de Tibau, prenderam no final da tarde ...