quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Itep identifica 16 dos 26 mortos na rebelião em Alcaçuz


Ao todo, até o momento, Itep já recolheu corpos de 26 presos em Alcaçuz (Foto: Divulgação/PM)

G1/RN
O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) já identificou 16 dos 26 mortos encontrados após o massacre dos dias 14 e 15 de janeiro na Penitenciária de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte.
Quinze dos mortos foram decapitados e dois tiveram os corpos carbonizados. Segundo o Itep, o trabalho de identificação dos cadáveres pode demorar até um mês.
Nesta quarta-feira (18), os peritos identificaram os corpos dos presos: Eduardo Reis; Charmon Chagas da Silva; Diego Felipe Pereira; Lenílson de Oliveira Pereira da Silva; Marlon Pietro do Nascimento; Cícero Israel de Santana; Felipe René Silva de Oliveira; e Willian Andrei Santos de Lima. Todos foram reconhecidos por meio de exames papiloscópicos.
Confira os nomes dos presos que já foram identificados até agora:
Anderson Barbalho da Silva
Antonio Barbosa do Nascimento Neto
Charmon Chagas da Silva
Cícero Israel de Santana
Diego de Melo Ferreira
Diego Felipe Pereira
Eduardo Reis
Felipe René Silva de Oliveira
George Santos de Lima
Jefferson Pedroza Cardoso
Jefferson Souza dos Santos
Lenílson de Oliveira Pereira da Silva
Luiz Carlos da Costa
Marlon Pietro do Nascimento
Tarcisio Bernardino da Silva
Willian Andrei Santos de Lima
Identificação
Segundo o Itep, os corpos estão em uma carreta-frigorífico no quartel da Polícia Militar e serão levados de quatro em quatro para o Instituto. Os peritos coletarão as impressões digitais dos mortos e farão exame de raio-x da face, que deve ajudar a identificar os detentos pela arcada dentária. Além disso, legistas do Ceará e da Paraíba foram deslocados para ajudar no trabalho de identificação.
Depois que todos forem examinados, os dados coletados serão cruzados com o sistema de identificação do Instituto, que entrará em contato com as famílias dos presos conforme eles forem identificados.
A assessoria da Sejuc informou que a busca de corpos nas fossas será feita pelos bombeiros quando houver segurança para os profissionais. Por volta da 13h30 da terça-feira (17), uma escavadeira chegou ao presídio. De acordo com a assessoria da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, o equipamento será usado para diligências em busca de novos corpos dentro da unidade.



O MELHOR PREÇO DA REGIÃO VOCÊ ENCONTRA AQUI, VENHA CONFERIR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DOIS ASSALTANTES MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA APÓS ASSALTO A LOTÉRICA DA CIDADE DE MESSIAS TARGINO

MOTO ROUBADA USADA PELO OS CRIMINOSOS IMAGENS FORTES AQUI PASSANDO NA HORA / ICÉM CARAÚBAS Dois homens morreram durante uma troca...