quarta-feira, 16 de novembro de 2016

VÍDEO mostra delegado sendo assassinado ao reagir a roubo na Maraponga; Fortaleza


Um delegado da Polícia Civil foi morto com um tiro na manhã desta terça-feira, 15, após reagir a um assalto quando chegava em sua residência com o filho e a nora, na Maraponga. Aldízio Ferreira Santiago, plantonista da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), estava desarmado e foi atingido no rosto, por volta das 11 horas, conforme a Polícia Civil.
O delegado voltava a pé da igreja com os familiares, que foram abordados por um casal de assaltantes em uma moto, na rua Noruega. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que Aldízio tentou intervir, mesmo desarmado, e foi atingido pelo criminoso.
A SSPDS divulgou que a dupla abandonou a moto utilizada no crime e roubou outra, próximo ao local. O veículo depois foi encontrado nas proximidades da comunidade conhecida como "Babilônia", no Barroso. 
A SSPDS esclareceu que trabalha, por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, para elucidar a morte e capturar os criminosos. "A SSPDS, juntamente com a Polícia Civil, lamenta profundamente a perda do policial, ao passo que se solidariza com seus familiares e amigos", completa a nota.
Profissionais de segurança
Com a morte, sobe para 29 o número de profissionais de segurança pública assassinados neste ano, segundo dados da Associação de Cabos e Soldados Militares do Ceará (ACSMCE).
O último assassinato havia sido registrado nesse sábado, 12, quando o soldado Gilmar de Queiroz foi morto em um assalto, também em frente de casa, em Horizonte. As 29 mortes incluem 23 policiais militares, três policiais civis, dois agentes penitenciários e um policial rodoviário federal.
AMANDA ARAÚJO





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acidente tipo atropelamento foi registrado no centro de Currais Novos

BLOG JOTA DANTAS Por volta de 19h50 desta segunda (24), um acidente foi registrado na Avenida Silvio Bezerra, em frente ao Centro Empr...