sexta-feira, 4 de novembro de 2016

OUTROS 04 BANDIDOS MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA EM LIMOEIRO DO NORTE/CE ONDE CABO DA POLÍCIA MILITAR FOI MORTO EM CONFRONTO ONTEM

FONTE: CEARÁ NEWS
O clima ainda é de tensão, medo e expectativa na cidade de Limoeiro do Norte (a 203Km de Fortaleza) após a madrugada de terror nesta sexta-feira (4), que deixou seis mortos. O pânico tomou conta da população após um confronto armado seguido de caçada policial que se estendeu até as primeiras horas da manhã. No Hospital da cidade ainda estão os corpos de um PM e dos cinco bandidos que morreram no embate com os militares.  
A Polícia aguarda a chegada de uma equipe da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) em Limoeiro para tentar identificar os cinco criminosos que morreram. Já o policial que tombou no exercício da função pública era o cabo PM Fábio Romeu Morais de Lima, 30 anos, casado, destacado na 4ª Companhia do 1º Batalhão Policial Militar. Romeu é o 25º servidor da Segurança Pública morto em 2016 no Ceará.
Conforme o relato das autoridades, era por volta de 2h55 quando os cinco bandidos armados entraram na cidade de Limoeiro do Norte à bordo de um veículo preto, com placas da cidade de São Caetano do Sul, São Paulo (SP).  O bandod seguiu direto ao Centro e, na Rua Coronel Antônio Joaquim, parou o carro. Três dos suspeitos desceram do automóvel e foram observar o movimento no depósito da Loja Zenir. O objetivo era arrombar o estabelecimento.
No entanto, uma patrulha do Ronda do Quarteirão foi acionada para atender à ocorrência e se deparou com os criminosos. Já desembarcados da viatura, os militares sacaram as armas para iniciar a abordagem aos suspeitos, mas foram surpreendidos com os tiros disparados pelos ladrões. Imediatamente, houve revide e o tiroteio se estabeleceu. No local, tombou o cabo Romeu e um dos assaltantes.
O PM ainda foi encaminhado ao Hospital Municipal de Limoeiro do Norte, onde faleceu. Já de manhã, mais dois criminosos morreram quando a PM cercou uma casa onde a quadrilha fazia reféns. Um dos criminosos se rendeu, mas dois dos comparsas tentaram fugir numa moto atirando nos militares e acabaram também mortos.
Por fim, já em torno das 7h30, um terceiro tiroteio ocorreu na periferia da cidade com os dois últimos integrantes da quadrilha. Foi na comunidade de Cidade Alta, no bairro Antônio Holanda. Mais dois delinquentes acabaram sendo baleados e morreram ali mesmo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário