terça-feira, 11 de outubro de 2016

Sesed reúne forças de segurança para avaliar ações de redução da violência no RN

FONTE: SESED
O secretário da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Caio Bezerra, reuniu na manhã desta terça-feira (11) delegados da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Deicor), a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) e o comando da Força Nacional que atua no Rio Grande do Norte para realizar o planejamento de ações com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade no RN, com foco nos Crimes Violentos Letais Intencionais e ocorrências envolvendo unidades bancárias no Estado.
No encontro foi apresentado dados de ocorrências realizadas ao longo dos últimos anos, especificando os locais e horários de maiores incidências destes tipos de crime. “Com integração e investimentos no serviço de inteligência estamos atuando para combater quem pratica estes tipos de crimes, de forma a levar a prisão esses delinquentes”, disse o delegado titular da Deicor, Odilon Teodósio. Ainda segundo ele, o trabalho inteligente e preventivo dos militares da Força Nacional é de fundamental importância para conseguir o êxito. “Além de atuarem integrados as forças estaduais de segurança, a Força Nacional também está recebendo, semanalmente, relatórios estatísticos para basearem suas missões com informações claras sobre onde o crime está mais presente”, acrescentou.
Para Caio Bezerra, a união de esforços das polícias Civil e Militar com a Força Nacional trará grandes benefícios a população, pois conseguirá identificar, localizar e deter pessoas que insistem em prejudicar o cidadão de bem. “Vamos trabalhar diuturnamente, seja mudando horários de atuações, localizações e patrulhamentos, para inibir crimes de homicídios e arrombamentos em unidades bancárias no nosso Estado. Conseguimos uma importante redução de CVLIs no último trimestre mas precisamos avançar ainda mais”, disse o secretário.
Caio Bezerra se reúne com o secretário da Senasp em Brasília
O secretário da Segurança do Rio Grande do Norte, Caio Bezerra, esteve reunido nesta segunda-feira (10), em Brasília, com o titular da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Celso Perioli. O assunto principal abordado durante o encontro foram os convênios firmados entre a Senasp e a Secretaria do Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). Esses convênios, inclusive, permitiram recentes aquisições de veículos e armamentos para a segurança pública.
Durante o encontro também foi discutido o Plano Nacional de Redução de Crimes Violentos Letais Intencionais a ser empregado pela Senasp em todo o Brasil. O secretário Caio Bezerra também falou sobre a importância da permanência e ampliação da atuação da Força Nacional no RN, no apoio direto aos casos de investigações coordenadas pela Polícia Civil.
Esses tipos de encontros sempre são importantes para estreitar os laços e a comunicação com a Senasp, pois através dela temos conseguido investimentos e apoios importantes para o Rio Grande do Norte”, afirmou o secretário Caio Bezerra.
A ideia do Ministério da Justiça, é, inclusive, fortalecer a Força Nacional de Segurança Pública e aplicá-la de forma proativa para a redução de homicídios e enfrentamento a crimes transnacionais na faixa de fronteira.
Pretendemos ter em torno de sete mil profissionais todos os meses para a Força Nacional, para que nós possamos, de forma mais concreta, atuar proativamente, não só reativamente, integrados com outros órgãos”, destacou o secretário Celso Perioli, sem antecipar como se darão as operações.
A portaria que autorizou o emprego da Força Nacional no RN foi publicada no dia 13 de setembro no Diário Oficial da União, em resposta a uma solicitação do Executivo estadual. O documento foi assinado pelo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Mais de 110 militares da Força Nacional atuarão no RN pelo período de 60 dias. Inicialmente a FN tem atuado em abordagens e operações no interior do Estado.
Homicídios tiveram redução no trimestre
A Coordenadoria de Informações Estatística e Análise Criminal (COINE) divulgou no dia 5 deste mês a redução de 4,2% na quantidade de Crimes Violentos Letais Intencionais em todo o Rio Grande do Norte no período de julho a setembro quando comparado com o período de abril a junho. A capital potiguar pelo terceiro mês consecutivo voltou a apresentar redução de assassinatos.
De junho a setembro, Natal apresentou uma redução de quase 36% no número de CVLIs, sendo que o mês de setembro foi considerado o menos violento do ano na capital com 36 casos registrados. Outras cidades como Parnamirim, Ceará Mirim, Macaíba, São José de Mipibú, Nisia Floresta e Extremoz também apresentaram reduções. Já a cidade de Mossoró, voltou a apresentar um crescimento com um registro de 21 assassinatos no último mês.
As estatísticas da COINE ainda demonstram que o mês de setembro registrou 159 casos de CVLIs em todo o estado, ou seja, uma redução de 4,2% em comparação ao mês de agosto deste ano (166).





Nenhum comentário:

Postar um comentário