sábado, 1 de outubro de 2016

Polícia Civil prende 85 suspeitos de crimes no RN apenas em setembro

190/RN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte efetuou, no mês de setembro, 85 prisões, das quais 48 foram realizadas no interior do Estado. Os números fazem parte de ações isoladas como da realização de Operações, cumprimento de mandados de prisões e prisões em flagrante. As pessoas detidas pela Polícia Civil são suspeitas pela prática de crimes como associação criminosa, homicídio, latrocínio, tráfico de drogas, roubos, furtos, roubo de cargas, violência doméstica, milícia armada, receptação de veículos, estupro e posse e porte ilegal de arma de fogo e estelionato.
Entre as apreensões feitas pela Polícia Civil mereceu destaque a descoberta de um depósito onde estavam armazenadas uma carga de alho roubada avaliada em R$ 300 mil. A ação foi realizada, no dia 09, pela equipe da Delegacia Especializada na Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), na cidade de São Gonçalo do Amarante. A Deprov também conseguiu localizar um depósito de peças roubadas de veículos. Mais de 150 portas de carros foram encontradas no dia 21, no bairro de Igapó em Natal.
Uma investigação realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) elucidou o assassinato do bugueiro Juarez da Silva,59 anos, morto no dia 15 de junho deste ano, na comunidade do Leningrado, no bairro Guarapes, na Zona Oeste de Natal. Os resultados da investigação resultaram na prisão de três pessoas e na apreensão do adolescente suspeito de ter atirado na vítima. O crime foi encomendado pela esposa da vítima Rosely Louzada, 38 anos, que combinou com três homens a invasão da residência do casal e a realização de um falso assalto. Ela teria prometido pagar o valor de R$ 900 para os executores, porém não efetivou o pagamento. Os quatro suspeitos pelo homicídio já estão detidos, inclusive o suspeito pelos disparos, um adolescente de 15 anos.
Ações realizadas no interior do Rio Grande do Norte
As equipes das delegacias existentes no interior conseguiram prender 48 suspeitos por vários crimes. No dia 11, uma ação conjunta da Delegacia de Polícia Civil de Patu e de policiais militares da Rádio Patrulha e do Grupo Tático Operacional (GTO) da cidade conseguiu prender em flagrante Emanuel Alves de Silva, 22 anos. Ele é apontado como sendo o autor de vários roubos cometidos durante o Festival de Cultura, que aconteceu no município.
Policiais civis da Delegacia de Pedro Velho prenderam em flagrante Luiz Paulo Barbosa, suspeito de ter praticado várias agressões contra o seu filho, no dia 12. A Polícia Civil recebeu informações do Ministério Público do município, que relatavam que uma criança com lesões pelo corpo estava sendo atendida no hospital e que a mesma teria alvo de agressões do pai. O pai confessou na Delegacia que espancava o filho com chicotes e pedaço de madeira.
A equipe de polícia civil de São Bento do Norte prendeu, no dia 15,Lucas Gonzaga Tavares, 18 anos, Josicleide Mendes dos Santos, 32 anos, e Pedro Araújo da Costa, 34 anos, os quais são suspeitos de terem participado de vários homicídios na região.
A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Mossoró prendeu, no dia 21, Wesley Patrick Ribeiro de Souza, 21 anos e Rafael Mariano Ribeiro, 26 anos em cumprimento a mandados de prisão preventiva. A dupla é suspeita de ter matado Mário Sérgio da Silva, no dia 30 de abril deste ano.
No dia 23, foi deflagrada pela equipe da Delegacia Regional de Caicó a Operação “Cavaleiros do Apocalipse”, que objetivou desarticular um grupo de suspeitos envolvidos com vários crimes que vem acontecendo na cidade. Um quantitativo de 100 policiais cumpriram 13 mandados de busca e cinco de prisão.
A equipe da Delegacia de Currais Novos, com apoio da Polícia Militar, conseguiu prender em flagrante seis homens, no dia 28. Eles são suspeitos pela prática de crimes como receptação de veículo roubado, posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário