sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Secretaria de Segurança Pública apresenta Plano de Operações das Eleições 2016

SESED
Para garantir a paz social durante realização das Eleições 2016, marcadas para o próximo dia 2 de outubro (domingo), a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) apresentou na manhã desta sexta-feira (30), na sala do Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), na sede do órgão, em Natal, um plano de operações especial. Somente da Sesed, cerca de 6.576 agentes de segurança atuarão na operação.
“A Secretaria da Segurança já vem desenvolvendo esse plano há alguns meses junto com outros órgãos, como Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Exército Brasileiro. Iremos utilizar quase que a totalidade do nosso efetivo para garantir a tranquilidade da votação para que o processo democrático transcorra da melhor maneira possível”, afirmou o secretário da Segurança do Rio Grande do Norte, Caio Bezerra.
Polícia Militar
A Polícia Militar atuará com um total de 5.800 militares, sendo 3.100 na área do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) e 2.700 na área do Comando de Policiamento do Interior (CPI).
O trabalho da PM começa já no sábado (1), quando serão realizadas as escoltas das urnas eletrônicas até o local de votação. A Polícia Militar também fará a segurança das urnas até a chegada dos supervisores de local de votação, prevista para o início da manhã do domingo (2).
Após o fim da votação, os PMs ficarão nos locais até o recolhimento das urnas por parte dos Correios. Os espaços de comemoração dos resultados do pleito também terão uma atenção especial por parte da corporação.
Durante todo o dia da eleição, oficiais da instituição ficarão à disposição dos juízes das zonas eleitorais das cidades do Estado.
Vale ressaltar que qualquer manifestação que venha contrariar a legislação eleitoral, somente poderá sofrer intervenção da Polícia Militar após a devida autorização do juiz eleitoral competente.
Apesar da operação especial, o policiamento ostensivo normal de todas as cidades do Rio Grande do Norte não sofrerá nenhuma alteração na sua rotina, ainda recebendo o da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM) e Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).
Polícia Civil
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte mobilizou um efetivo de 601 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, para trabalhar em todo o estado, no próximo domingo (02), durante a realização das eleições municipais de 2016. Várias cidades do interior, onde já existem delegacias da Polícia Civil receberão um reforço de efetivo, que se deslocará de outras unidades da capital.
As cidades que compõe a Grande Natal contarão com o trabalho de 48 policiais civis. Serão 09 delegados, 12 escrivães e 27 agentes de polícia. O interior do estado terá a atuação de 477 policiais civis, sendo 67 delegados, 75 escrivães e 335 agentes de polícia. Além disso, a PC ainda contará com um efetivo complementar para cobrir necessidades especiais que surgirem, sendo 18 delegados, 11 escrivães e 47 agentes de polícia civil. As equipes realizarão a confecção de boletins de ocorrências; lavratura de autos de prisão em flagrante delito e termos e boletins circunstanciados de ocorrências.



GRANDES PROMOÇÕES  VOLTADAS PARA CRIANÇAS EM COMEMORAÇÃO AO DIA DELAS
COMPRE AQUI SUA BICICLETA EM ATÉ 10X NOS CARTÕES
TEMOS OFICINAS DE BICICLETA E MOTO COM PROFISSIONAIS QUALIFICADOS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário