sábado, 17 de setembro de 2016

Operação das polícias Civil e Militar prende homem acusado de matar companheira curraisnovense em Jaçanã no último final de semana

EDIPO NATAN
Em operação conjunta das policias Civil e Militar, foi preso no final da tarde de hoje Ricardo Tomé dos Santos, vulgo Nego, de 31 anos.
O homem é acusado de matar sua companheira a curraisnovense Eleika Talia Venancio Soares, de 19 anos, na noite do último domingo em Jaçanã. Ele foi preso na zona rural do município, após investigações que levaram a sua prisão. Existia um mandado judicial em aberto para prendê-lo.
Segundo as investigações, Ricardo Tomé dos Santos matou sua companheira, dentro de casa, com disparos de arma de fogo. Ele estaria embriagado e teria brigado com a vítima, efetuando disparo contra a jovem, que morreu no local.
Dois dias após o crime, o acusado apresentou-se na delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz, com dois advogados, alegando que o disparo do revolver foi acidental. Ele foi liberado, na forma da lei, mas o delegado regional Silva Junior representou pela prisão preventiva contra Ricardo Tomé, com base nas provas colhidas na investigação. A prisão foi decretada pela Justiça, sendo realizada nesta tarde durante a operação.
O acusado encontra-se detido no Centro de Detenção Provisória de Santa Cruz à disposição da Justiça.





Nenhum comentário:

Postar um comentário