sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Mossoroense acusado de espancar PM durante assalto foi assassinado no Ceará

PASSANDO NA HORA / ARACATI EM FOCO
Um mossoroense identificado como Mikael Silva da Costa, 20 anos de idade, que morava na Favela do Feijão em Canoa Quebrada no município de Aracatá/CE, foi assassinado a tiros no final de tarde desta quinta- feira, 04 de agosto de 2016. 
Segundo informações extraoficiais, Mikael era considerado o principal suspeito pela morte de um comerciante conhecido como “Chico Cantor” ocorrido na noite de quarta-feira (03) em Aracatí/CE.
O mossoroense chegou a ser preso pela Polícia Militar de Aracatí e levado ao IML de Fortaleza, para realização de exames de residuograma, mas depois foi liberado. 
Mikael foi morto com vários tiros, minutos depois de deixar a Unidade de Segurança de Aracatí. De acordo com a PM um desconhecido ocupando uma moto teria realizado disparos de arma de fogo atingindo Mikael que tombou no local já sem vida. 
Segundo informações da Polícia, Mikael Silva da Costa, também era um dos suspeitos de envolvimento no espancamento de um sargento da PM, durante um assalto a um posto de combustíveis na BR 304 no bairro Sumaré em Mossoró/RN. 
Durante a ação criminosa ocorrida no dia 23 de setembro de 2015 e que segundo a polícia teve a participação, além de Mikael de mais quatro indivíduos, o sargento que fazia bico no posto, além de ser brutalmente espancado ainda teve sua pistola levado pelos criminosos. 
O corpo de Mikael Silva deverá ser transladado, do Instituto Médico Legal (IML) de Fortaleza, onde foi necropsiado para a residência da família na favela do Pantanal em Mossoró/RN para providenciar o velório e sepultamento. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário