quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Mossoró registra o 145º homicídio de 2016

PASSANDO NA HORA

O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou mais um crime de homicídio no início da manhã desta quinta-feira 11 de agosto de 2016 em Mossoró no Rio Grande do Norte. A ação criminosa ocorreu rua Marinho Dantas, no Bairro Belo Horizonte. De acordo com as primeiras informações, a vítima identificada como Manoel Francisco da Mota, 51 anos, mais conhecido como "Manoel da Batatinha", foi morto a tiros em frente sua residência. A Polícia Militar isolou o local de crime, até que o Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) realizasse perícia no local. De acordo com as informações no local, a vítima era pedreiro, e vendia batatinha na praça do teatro em Mossoró. Segundo familiares e vizinhos, além dos policiais no local, ele trabalhava a muito tempo prestando serviços como pedreiro no Hospital da Polícia, nas horas vagas pra melhorar a renda vendia batatinha e todos desconhecem que o mesmo tenha alguma inimizades. Ele possivelmente foi surpreendido quando saia de casa logo cedo. Ainda tentou escapar dos tiros correndo para sua residência mas foi alcançado e executado. Segundo o delegado, todas as linhas de investigação serão levadas em conta, se foi uma tentativa de assalto ou execução. O caso será investigado pela DEHOM em Mossoró. Ele foi morto com cerca de pelo menos três disparos de arma de fogo que atingiram costas e cabeça. Segundo Jader Viana perito criminal do ITEP, pelo projétil encontrado distante cerca de 15mt do local do corpo, a arma utilizado possivelmente foi um revólver calibre 38.




Nenhum comentário:

Postar um comentário