terça-feira, 30 de agosto de 2016

Homem morre esmagado ao tentar roubar fios de cobre em Mossoró

Passando na hora
O Centro de Operações da Polícia Militar COPOM, foi acionado por volta das 18;40hs desta segunda feira para uma ocorrência de uma pessoa morta na BR 110 próximo, do Rio do Carmo na Zona Rural  de Mossoró no Rio Grande do Norte. De acordo com as primeiras informações, um homem identificado até o momento como Daniel morador do Conjunto Santa Helena veio de bicicleta junto com um amigo na noite de domingo por volta das 21:30hs, com o intuito de roubar cobre dos poços de petróleo existente na região. Ainda de acordo com o outro companheiro, ele ao ver a situação do amigo que morreu esmagado possivelmente esmagado pela Unidade de Bombeamento (cavalinho), ele resolveu fugir. Segundo ele somente hoje após passar o dia no trabalho, não aguentando a pressão da família ele contou para a família o que aconteceu. A Policia Militar foi acionada e juntamente com ele foram até o local onde o corpo estava.  O perito Jader Viana do ITEP não descartou uma descarga elétrica. Segundo ele somente com exames mais detalhado na sede poderia informar com precisão se a vítima sofreu uma descarga ou a Unidade de Bombeamento que na parte de trás gira em 360° pode ter esmagado o mesmo na altura do tórax.
Impressionante a maneira como a imprensa em Mossoró é tratada. Neste caso a Petrobrás paga caro a uma empresa privada para realizar patrulhamento 24hs, mostrando falhas uma vez que o corpo passou quase 24 horas ali, sendo localizado por que o amigo da vítima resolveu quebrar o silêncio. Em troco as falhas da segurança, um deles tentou de toda forma impedir o trabalho de quem estava ali trabalhando para levar a informação precisa em respeito aos nossos leitores. Lembrando que a imprensa toda que estava lá obedeceu todas as ordens que foram passadas. Agora tentar proibir nosso trabalho dessa forma não dá pra entender de verdade.
O companheiro de Daniel foi levado pela Civil para prestar esclarecimentos e em seguida deverá ser liberado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário