sexta-feira, 22 de abril de 2016

Preso suspeito pela morte do professor no interior do RN

JEAN SOUZA
Uma investigação conduzida pela Delegacia de Polícia Civil de Santana do Matos, com apoio da Delegacia de Polícia Civil de Angicos e da Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom) de Mossoró, resultou na prisão de João Carlos Bezerra da Silva, 25 anos, suspeito pela morte do professor Alcivan Medeiros da Silva. Os detalhes da investigação foram divulgados nesta sexta-feira (22), em uma coletiva de Imprensa.
“Nossa investigação descobriu que dia 02 de abril deste ano, o professor de matemática saiu de Mossoró em seu veículo, juntamente com o suspeito. No dia seguinte, o carro do professor e um corpo foram encontrados carbonizados, em um sítio chamado Tigre, município de Santana do Matos. Após o crime, o suspeito João Carlos Bezerra da Silva voltou para Mossoró em um táxi e sem o carro do professor”, detalhou o delegado responsável pela investigação, Dilton Nascimento, titular da DP de Santana do Matos. De acordo com a Polícia Civil, a vítima e o suspeito moravam em um mesmo apartamento.
“Queremos descobrir quem foi o taxista que levou o suspeito para casa, depois do crime. Pedimos apoio da população para localizar este condutor, que irá nos ajudar a elucidar melhor este crime”, solicitou o delegado Dilton Nascimento.
João Carlos Bezerra da Silva foi detido, na última quarta-feira (20), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, quando o suspeito apresentou-se na Delegacia de Polícia Civil de São Rafael. “ Também nos chamou atenção o fato do veículo da vítima ter sido encontrado em um sítio que é de propriedade da família do suspeito”, afirmou o delegado Licurgo Neto, titular da Delegacia de Angicos.






Nenhum comentário:

Postar um comentário