quinta-feira, 7 de abril de 2016

Preso: Suspeito colocava anúncios de emprego para selecionar vítimas e estuprá-las em Parnamirim

190/RN
Uma investigação realizada pela Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) resultou da prisão de um infrator, identificado como Geraldo Marcos de Lima Vasconcelos acusado de um estupro e suspeito de outros casos, realizados na própria residência do infrator, localizada no bairro do Jockei Club, na cidade de Parnamirim.
Geraldo Marcos, realizava anúncios na internet com uma proposta de emprego para moças do sexo feminino, com idades específicas e disponibilizava um e-mail para envio dos currículos, quando a partir daí ele selecionada as vítimas.
Em seguida, um encontro era marcado, em um shopping da zona Sul de Natal, onde o causado realizava uma espécie de entrevista, com as vítimas e as levava a própria residência, no momento em que a esposa não estava em casa, informando as mulheres que se tratava da casa da gerente da empresa e que eles se encontrariam com ela no local. Ao entrar na casa, ele fechava a porta e estuprava as mulheres, que acabavam conseguindo fugir do local, após os estupros.
Em um dos casos, a vítima que não será identificada, foi ao local do encontro acompanhada do esposo, que visualizou toda a entrevista e no dia seguinte o suposto patrão, ligou para a esposa e disse que ela teria sido selecionada, tendo que comparecer no escritório. Por achar que se tratava de uma empresa correta, o esposo permitiu o encontro e horas depois recebeu a informação sobre o estupro pela esposa, que foi a delegacia e realizou todos os procedimentos necessários, dando a DEAM, informações super eficientes para a realização do flagrante.
Após ser detido e reconhecido pela vítima, ele está sendo ouvido pela delegada Paoulla Maues e será autuado, ficando a disposição da Justiça. A Polícia Civil acredita que com a divulgação das imagens e modos operantes do infrator, outras vítimas podem aparecer e devem entrar em contato pelo telefone 3644-6407 da DEAM-Parnamirim.






Nenhum comentário:

Postar um comentário