quarta-feira, 6 de abril de 2016

Homem que dividia apartamento com professor mossoroense também está desaparecido

Foconotícia – O caso envolvendo o professor Alcivan Medeiros ainda é um mistério, e apesar de não ter o resultado de exame, onde confirmará se corpo carbonizado é o do professor, a Polícia Civil de Santana do Matos está investigando para tentar entender quem (e por quê) teria praticado o crime.
Até o momento, a família suspeita que uma pessoa identificado como “João Carlos” que dividia o apartamento com a vítima durante alguns anos, tenha algum envolvimento com a suposta morte do professor.
João Carlos foi visto saindo com o professor Alcivan por volta das 16h do último sábado, 2, no carro da vítima, e retornou no domingo, 3, por volta das 10h, de táxi, para pegar suas coisas no apartamento, e desde então não foi encontrado.






Nenhum comentário:

Postar um comentário